Senar-ES participa de GT do Selo ARTE

19/08/2019

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES), junto com outras entidades capixabas, vai integrar o Grupo Permanente de Trabalho do Selo ARTE, a convite do Governo do Estado, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf). O objetivo do grupo é propor modificações na legislação, apresentar propostas para consultas públicas, bem como regulamentar a nível estadual a concessão do selo ARTE.

Para a Superintendente do Senar-ES, Letícia Toniato, a Lei é um passo importante para os produtores do Espírito Santo. "Além de garantir mais visibilidade à produção agrícola capixaba, o Selo ARTE traz benefícios como a identificação destes alimentos como artesanais, mais reconhecimento com a permissão da comercialização em todo territorial nacional e oportunidade de agregar valor aos produtos", ressalta.

O diretor presidente do Idaf, Mário Louzada, reforça que o Espírito Santo quer sair na frente para se adequar à legislação. "A Lei do Selo ARTE é um dos marcos mais importantes da agroindústria no Brasil. Ela vai dar oportunidade para os agricultores capixabas colocarem seus produtos em todas as prateleiras do país, inspecionados e com ainda mais qualidade. Para que o Espírito Santo saia na frente e não perca tempo na regulamentação, montamos o Grupo de Trabalho", explica.

Fonte: Comunicação SENAR-ES