Senar planeja novas estratégias para ampliar ações de ATeG aos produtores

31/08/2018

Superintendentes das Administrações Regionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) de todo o país participaram, nesta quinta (30), do 5º Fórum da Assistência Técnica e Gerencial em Brasília.

O encontro de trabalho teve o objetivo de alinhar procedimentos e ações prioritárias que possam ser executadas nos estados. Também foram apresentados os resultados e novos projetos para ampliação da metodologia do Senar que está transformando a realidade de produtores rurais do Brasil.

O presidente da CNA, João Martins, e o diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, participaram do Fórum.

O diretor de Assistência Técnica e Gerencial do Senar, Matheus Ferreira, explicou a ação integrada de um modelo de capacitação do produtor associada à oferta de ATeG, o que vai resultar na melhoria da produtividade.

“Temos a proposta de atendimento integrando Assistência Técnica com capacitações de Formação Rural Profissional, de acordo com as prioridades das cadeias produtivas por estado”, explicou.

Durante o Fórum, os superintendentes do Senar e presidentes de Federações de Agricultura e Pecuária conheceram o Programa de Aproximação com Instituições de Ensino. “A proposta é buscar profissionais ainda no final de sua graduação para que conheçam as ações do Sistema e estejam aptos a atuarem como técnicos de campo do Senar”, afirmou Matheus.

O Senar oferece ATeG há cinco anos e, nesse período, já beneficiou mais de 60 mil produtores rurais em 23 estados. De acordo com o diretor, a meta é que nos próximos quatro anos outros 30 mil produtores brasileiros recebam as ações de produção assistida.

Uma das experiências de sucesso de ATeG será apresentada no 3º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio. Um grupo de produtoras de café em Minas Gerais melhorou a produtividade graças à Assistência Técnica e Gerencial do Senar.

Fonte: CNA Brasil